Notícias

Veja como os síndicos podem reduzir o valor do condomínio

19 de março de 2019, por Leonardo
Veja como os síndicos podem reduzir o valor do condomínio

O Brasil vive um momento financeiro complicado com um processo de retomada econômica. Por isso, surge a necessidade de cortar algumas despesas para economizar. Muitos síndicos precisam reduzir o valor do condomínio, sem prejudicar a qualidade da entrega dos trabalhos. Essa, sem dúvida, é uma missão árdua. Existem algumas ações que podem trazer um resultado satisfatório nas despesas e gerar economia.

Neste texto vamos apresentar quais são as soluções mais utilizadas por condomínios que conseguiram reduzir suas despesas. Deste modo, você poderá implantar algumas dessas ações para tentar reduzir o valor cobrado aos moradores.

Veja as dicas que separamos para reduzir o valor do condomínio.

Utilize lâmpadas de led

Em muitos condomínios, principalmente os mais antigos, ainda são utilizadas as lâmpadas incandescentes. Esse fato contribui significativamente para que a conta de luz venha mais alta. Uma solução muito utilizada é a troca dos modelos mais antigo por lâmpadas de led. Com elas é possível obter até 40% de economia na conta, já que elas gastam até 80% menos do que as lâmpadas incandescentes. Outra estratégia que gera economia é a utilização de sensores de presença nas áreas comuns, assim é possível minimizar o gasto desnecessário.

Invista em energia solar

 Muitos dos novos condomínios residenciais são construídos com a tecnologia de captação solar. Caso o seu não tenha essa tecnologia é importante saber que ela reduz em até 70% os custos da conta de luz. Porém, esse não é um investimento de retorno imediato, já que a instalação de um sistema pode ser de alto custo. É estimado que o retorno venha em média 7 anos depois da instalação do sistema.

Tenha uma política para proprietários inadimplentes

Lidar com os proprietários inadimplentes é uma das maiores e mais difíceis missões de um síndico. O não pagamento não afeta apenas a quitação das contas, mas também reduz os investimentos em melhorias. Por isso, é importante fazer a cobrança dos valores atrasado e se for necessário até uma negociação da dívida. Caso a inadimplência persista a saída é acionar o proprietário na justiça.

Se atente aos possíveis pontos de vazamento de água

O vazamento de água é muito maléfico para as contas do condomínio e o meio ambiente. Detectar possíveis vazamentos é muito simples, basta procurar pontos com sinais de infiltração em paredes. No caso de canos externos procure por goteiras, marcas deixadas pela água ou ponto de ferrugem. Além disso, é necessário que cada morador possa conferir torneiras, volume de água utilizada na descarga e as válvulas. Com essas atitudes simples é possível evitar desperdícios e gerar economia nas contas do condomínio.

Utilize a portaria ativa

O serviço de portaria ativa pode dar ao condomínio uma economia de até 60%. Além disso, é mais seguro já que os visitantes só podem entrar com autorização dos moradores e a portaria é monitorada 24 horas por dia. A portaria ativa também otimiza a gestão do síndico, uma vez que acabam os problemas com contratação e administração de porteiros, cobertura de faltas, atestados, pagamento de 13º salário e férias. Todos os moradores são cadastrados e têm acesso rápido às dependências do condomínio.

Gostou? Siga a Anjos da Guarda nas redes sociais e fique por dentro das melhores dicas para condomínios.